GCCI

Logótipo do GCCI

 

O GCCI, constituído pelo Despacho n.º 6447/2012, do Ministro da Saúde, funciona como o garante do reforço do envolvimento das entidades do setor da saúde, em especial dos organismos que intervêm na monitorização, auditoria, fiscalização e controlo da despesa com vista à instituição de um modelo sistémico, integrado e coerente, de controlo interno no Ministério da Saúde (MS).



Mensagem da Presidente

O caminho em direção ao interesse público e ao bem comum, e o nosso propósito de melhoria contínua, exige o esforço de todos. Uma sólida atitude coletiva de rigor, assertividade, coerência e qualidade do trabalho desenvolvido, a procura sucessiva de novas metodologias de trabalho numa perspetiva de gestão diferenciada e inovadora, uma constante monitorização e avaliação dos resultados, têm desafiado as organizações para entregar produtos novos, caraterizados pela objetividade e por propostas de melhoria efetiva.

No âmbito do Sistema de Controlo Interno da Administração Financeira do Estado, o Grupo Coordenador do Sistema de Controlo Interno Integrado do Ministério da Saúde (GCCI) tem um papel relevante, que importa reforçar.

O ano de 2016 estabelece uma renovada etapa para a consolidação do Grupo. Torna-se necessário afinar, aperfeiçoar, concretizar e aprofundar um modelo de organização mais eficiente e dinâmico, que permita uma articulação mais célere e sistemática entre os seus membros, bem como entre estes e os Auditores Internos das demais entidades que integram o Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Em alinhamento com o preconizado no Despacho n.º 6447/2012, nos seus quatro anos de existência, a atividade do GCCI teve subjacente um conjunto de orientações estratégicas, consubstanciadas em diversas ações de intervenção que se consideraram prioritárias, com vista a sedimentar uma atuação pragmática, célere e concertada ao nível do controlo da despesa e do combate à fraude, baseada numa articulação eficaz entre as várias entidades envolvidas, e na obtenção de conhecimento centralizado sobre os métodos de controlo interno e os riscos por ele acautelados.

O Ministério da Saúde e as entidades do SNS possuem profissionais altamente qualificados, com o trabalho dos quais, a colaboração efetiva entre todos, e uma confiança inabalável em valores fundamentais, se conseguirá, estamos certos, alcançar a excelência de resultados.

 

A Presidente do GCCI
Leonor Furtado